thumb_IMG_9814_1024
Local:  Home Sweet Home
Máquina Fotográfica: Canon 100D
Lente: Canon EF 50mm f/1.8 STM
Abertura: f/1.8
Velocidade: 1/320
ISO: 100

Pseudo-introdução

Pois…as primeiras letras…dizem ser sempre as mais difíceis!
No meu caso, não é tanto por não ter o que dizer, mas sim por tanto ter para dizer. Mas ao mesmo tempo ter a perfeita noção que não posso dizer, ou melhor, escrever tudo ao mesmo tempo.
Muito bem, respirar fundo e posto esta pseudo-introdução, vamos por partes.

Porquê este blog?

E agora gostava de poder dizer: “E a fotografia entrou na minha vida…bla bla bla”, mas a verdade é que não posso dizer isso. Sabem porquê?
Ora bem, diria que por dois motivos crónicos:

1 – Não foi a fotografia que entrou na minha vida, fui eu que a encontrei como resposta à minha sede de preencher este “bichinho” das imagens.
Tendo eu, plena consciência que não sou dotada de capacidades artísticas para pintura ou desenho; e sendo honesta, gosto de ver os resultados de forma rápida e “limpa” (diz quem me conhece que sou impaciente, calúnias!). Nada melhor, que uma máquina e a vida toda, para fazer fotografias e assim congelar momentos no tempo.

2 – Tenho sido mestre em procrastinar a minha ignorância fotográfica!
Pronto está dito, e assumido. E sim, já fiz: mini workshops presenciais, workshops online, comprei revistas e livros da especialidade, comprei equipamento mais sofisticado e até mais antigo (naquela de expandir a experiência), acompanho fotógrafos em redes sociais e fundações só para ver as imagens criadas, subscrevo páginas e leio artigos online, e até videos no youtube vejo. E a gota de água, foi quando me inscrevi em dois cursos online – que não acabei!
Uma trabalheira isto tudo, e para quê? Só para ver imagens, que me inspirem e me façam querer aprender mais.

Apesar de, no preciso momento em que estou a escrever estas palavras, a minha mente está a movimentar-se a uma velocidade alucinante, disparando mensagens contraditórias, do tipo:  “Oh não, por favor, outra vez não. Lá vai ela em mais uma aventura. Alguém que lhe tire o teclado da frente sff! ”; ou então: “Sim, finalmente. É desta, que ela vai começar e acabar um curso. Eureka!”.

Macaquinhos no sótão, acalmem-se, tenho a anunciar que a decisão está tomada e vou torná-la pública.
Preparados?! Então aqui vai: decidi que não quero ser somente espectadora, mas também contribuir e como tal – criar. Para tal, fotograficamente falando, preciso de me educar devidamente.
Não é que haja algum mal em andar por aí a gastar rolos dos antigos, ou a encher cartões de memória; mas chegou a altura de exigir mais – de mim, claro!

Leia o rótulo atentamente

O objectivo do blog, passa por partilhar experiências fotográficas nesta que vai ser a minha aventura de aprender mais sobre uma arte que tanto me fascina. Com algumas reflexões pelo caminho.

não esperem:
⁃ altos relatos tecnológicos, ou como limpar lentes ou coisas do gênero com videos a acompanhar ou mesmo reviews do último grito da tecnologia, no limite posso partilhar experiências consoante os equipamentos que tenho ou vou experimentando

esperem, sim:
⁃ conteúdos organizados pela lógica do meu próprio curso, o que no fundo vai ser o meu percurso
⁃ relatos de descoberta e partilha de conquistas e frustrações
⁃ resultados fotográficos, sejam eles digitais ou analógicos, são sempre os meus
⁃ uma visão simples, clara e sem artifícios, do que é gostar de algo e querer aprender mais

E, agora que tenho o primeiro post escrito, é hora de dizer – até já!

Gabriela